quick couplings vehicles

Os engates rápidos no transporte: os benefícios para os reboques especiais

Os engates rápidos são empregados em diversos setores, nos quais muitas vezes devem suportar condições extremas sem que se verifiquem vazamentos de fluido ou mau funcionamento, o que causaria não apenas uma redução significativa da operatividade, mas também riscos para o meio ambiente e a segurança dos equipamentos e das pessoas.

Estas considerações são particularmente válidas no caso do setor de transporte, no qual os engates rápidos são utilizados em circuitos hidráulicos conectados a reboques e onde um eventual mau funcionamento na linha pode fazer com que o veículo tenha falhas mecânicas, causando acidentes.

Os engates rápidos respondem às exigências de ambas as macrocategorias em que se subdivide o setor do transporte com reboque:

  • os reboques “rodoviários” engatados a um veículo automotor dotado de placa para livre circulação em vias urbanas e rodovias, que permitem o transporte de cargas excepcionais em longas distâncias; neste caso, os engates rápidos permitem a conexão entre o power pack e o reboque;
  • os reboques “SPMT” (Self Propelled Motor Trailer – Reboque Motorizado de Propulsão Própria) utilizados em áreas limitadas e, em geral, particulares (como canteiros de obras e fábricas), pois são veículos muito longos equipados com vários pares de rodas para conseguirem movimentar cargas de grandes pesos e dimensões; neste caso, os engates rápidos permitem a conexão entre várias unidades de reboque.

As linhas hidráulicas permitem movimentar as suspensões hidráulicas da plataforma e fazer as rodas esterçarem, por isso, os engates rápidos são fixados ao longo do próprio reboque, protegendo-os, dentro do possível, contra colisões, sujeira e cuidando da carga radial gerada pelos tubos; como alternativa, podem ser utilizados nas linhas de controle/pilotagem e de drenagem.

Independentemente da sua aplicação, os engates rápidos se encontrarão sob condições de corrosão e desgaste de intensidade médio-alta e, portanto, deverão ser produzidos com materiais e tratamentos adequados.

As duas macrocategorias de reboques se distinguem pelas exigências que os engates rápidos devem atender e pelas criticidades que devem superar, com riscos de mau funcionamento e consequências bem distintas entre si; assim, é essencial realizar uma análise atenta do cenário de uso e dos riscos.

Há mais de 60 anos, a Stucchi fornece um fluxo constante de soluções para todos os setores que utilizam circuitos oleodinâmicos, inclusive o do transporte, pondo seu vasto know-how à sua disposição.

Graças aos engates rápidos da Stucchi e, mais especificamente, às multiconexões modelo GR e às séries VR e VEP-HD, é possível obter uma maior segurança e proteção do meio ambiente, eliminando-se os vazamentos de óleo durante a fase de desconexão, e uma maior produtividade, reduzindo-se os tempos de engate-desengate dos reboques.

O GR6 6A-2EC V01 especial foi desenvolvido e projetado especificamente para aplicação em reboques de caminhões.

Entre em contato agora mesmo para maiores informações.

Contate-nos
Stai guardando il nostro sito con Internet Explorer 11. Per un'esperienza di migliore qualità, ti consigliamo di aggiornare il tuo browser.
Scarica un browser.