Engates rápidos: materiais diferentes para ambientes diferentes

Os engates rápidos são utilizados em muitos setores, da agricultura à extração de petróleo e gás, do movimento de terras ao transporte rodoviário, até ao alcance de inúmeras aplicações industriais, inclusive no âmbito químico e alimentar.

O projeto e a realização dos engates rápidos devem, portanto, levar em consideração uma grande variedade de fatores e condições de uso, para garantir altos níveis de qualidade e segurança com uma linha completa de produtos.

Por esse motivo, a Stucchi dedica-se há quase 60 anos ao desenvolvimento de soluções sempre na vanguarda, capazes de satisfazer plenamente as necessidades e os padrões de todos os setores nos quais os engates rápidos são um componente fundamental para as operações diárias e o sucesso da empresa: a qualidade do trabalho da Stucchi melhora o desempenho e evita acidentes que podem causar danos econômicos, humanos e ambientais.

Um dos aspectos cruciais na realização dos engates rápidos é avaliar a sua exposição à corrosão: este dano gradual do componente varia de acordo com o ambiente de uso, distinguindo-se daqueles em que ocorre muito lentamente e daqueles em que o processo é particularmente agressivo e rápido.

Alguns casos gerais podem ser identificados:

  • Baixa corrosão: não existem condições ambientais específicas e são utilizados fluidos hidráulicos que, se mantidos livres de contaminação, não danificam os circuitos;
  • Média corrosão: ligados ao fluido utilizado, como por exemplo no caso de sistemas de arrefecimento que empregam soluções de base aquosa;
  • Alta corrosão: nestas condições, os engates rápidos devem suportar um ambiente hostil, como no caso das plataformas petrolíferas offshore.

Para responder a estas diferentes condições, são utilizados principalmente três materiais para realizar engates rápidos:

  • Aço carbono: é o metal mais utilizado nos engates rápidos, oferece um bom equilíbrio entre as suas características técnicas e comerciais e destaca-se nos contextos de baixa corrosão;
  • Latão: fácil de trabalhar, apresenta uma boa resistência aos fluidos corrosivos médios.
  • Aço Inoxidável: este material está presente em nosso dia a dia, mas no setor dos engates rápidos encontra-se aplicado principalmente em condições de alta corrosão; é extremamente resistente e durável, sendo a melhor escolha para o setor naval e para as plataformas offshore.

Para exaltar as características destes materiais, a Stucchi oferece também tratamentos de proteção, como:

  • Chrome 3: sendo aplicado ao aço carbono, é o tratamento mais utilizado. Este é um tratamento de galvanização da superfície com zinco e crômio que aumenta significativamente a resistência à corrosão;
  • ZincNickel: alternativo ao Chrome 3, é um tratamento de galvanização da superfície com uma liga especial de zinco que melhora a sua resistência à corrosão;
  • QPQ: é um tratamento térmico que combina a dureza superficial dos engates e a boa resistência à corrosão.

Estes materiais e tratamentos envolvidos na realização dos engates rápidos são o resultado de um trabalho constante de pesquisa e desenvolvimento realizado pela Stucchi para garantir a qualidade do produto final: conheça mais entrando em contato conosco.

Contate-nos
Stai guardando il nostro sito con Internet Explorer 11. Per un'esperienza di migliore qualità, ti consigliamo di aggiornare il tuo browser.
Scarica un browser.