quick couplings industry

Características a serem levadas em consideração para a escolha dos engates rápidos

O óleo hidráulico é essencial para mover uma grande variedade de maquinários fundamentais em todo o mundo para as atividades de diversos setores, como os de Petróleo e Gás, Movimentação de Terra, Agricultura, Transportes e muitos outros.

Para seu funcionamento correto, é importante que o circuito oleodinâmico opere com a máxima eficiência, e um fator crítico para que isso ocorra são os engates, componentes que permitem conectar as linhas hidráulicas e empregar ferramentas intercambiáveis.

Se os engates forem inadequados ou ineficientes, o sistema oleodinâmico, no melhor dos casos, deve empregar mais energia para alcançar a pressão exigida e, no pior, pode dispersar óleo para o exterior, com riscos para o meio ambiente e para os trabalhadores.

Para garantir a eficiência e a segurança, é necessário levar em conta algumas características dos engates:

Tipo de válvula

O formato da válvula e o tipo de mecanismo que permitem conectar duas linhas determinam a solidez da conexão, a facilidade do acoplamento e do desacoplamento e a ocorrência ou não de vazamentos durante estas operações.

Um sistema com válvula de face plana é projetado para reduzir ao mínimo o espaço intermediário que se forma entre o macho e a fêmea durante o acoplamento e o desacoplamento, de modo a limitar as contaminações, seja do meio ambiente para o circuito (corpos estranhos, pó, impurezas), seja do circuito para o meio ambiente (vazamentos de óleo).

Esta configuração permite ainda acelerar as operações de acoplamento e desacoplamento, fazendo com que elas sejam efetuadas em pouco tempo e sem a necessidade de outros instrumentos.

Material e revestimento

Os engates são empregados em diferentes condições ambientais, que apresentam desafios específicos à sua durabilidade e eficiência; o sal utilizado nas estradas no inverno, por exemplo, pode comprometer drasticamente o desempenho de um engate inadequado, corroendo-o e desgastando-o.

A tendência é que, nos engates rápidos, seja utilizado aço carbono para aplicações de baixa corrosão, latão para os de média corrosão e aço inoxidável para os de alta corrosão.

Tratamentos superficiais adicionais, como o QPQ, o Chrome3 e o Zinco-Níquel, melhoram o desempenho do engate.

Perda de carga

Ao passar pelos pontos de engate, o óleo inevitavelmente sofre uma perda de carga; se, por um lado, cabe ao fabricante do componente projetar soluções que minimizem o acontecimento deste fenômeno, por outro lado, o comprador deve tê-lo em mente e selecionar o engate apropriado para que ele se encontre dentro dos limites ideais.

A tabela das perdas de carga permite obter o valor da perda de carga com base no fluxo do circuito e nas medidas do engate utilizado e, assim, selecionar o componente mais adequado.

Intercambiabilidade

As especificações para os engates rápidos de face plana são estabelecidas pela norma ISO 16028, que indica as dimensões das superfícies de acoplamento/desacoplamento e os níveis de desempenho exigidos para se operar em circuitos fluidodinâmicos com pressões máximas de até 420 bar; esta norma se baseou também no design dos engates de face plana da Stucchi.

Há mais de 60 anos, a Stucchi produz engates rápidos sempre integrando novas ideias para criar valor em um mercado global. Descubra nossa linha de produtos e entre em contato conosco.

Contate-nos
Stai guardando il nostro sito con Internet Explorer 11. Per un'esperienza di migliore qualità, ti consigliamo di aggiornare il tuo browser.
Scarica un browser.